A Lógica dos Tributos – Fundamentos históricos e filosóficos

A Lógica dos Tributos – Fundamentos históricos e filosóficos

R$50,00

ESPECIFICAÇÕES

  • Editora: FOCO EDITORIAL
  • ISBN: 978-85-99182-185
  • Edição: 1
  • Ano: 2013
  • Páginas: 171
  • Dimensões (A x L): 23,00cm x 16,00cm

768 em estoque

  • Descrição
  • Informação adicional
  • Avaliações (314)

Descrição

SINOPSE DO LIVRO

O livro inova ao debater filosófica e historicamente um tema muito badalado em diversas áreas do conhecimento, bem como no meio popular.

Os autores buscam traçar uma linha histórica e evolutiva, destacando algumas facetas da existência do tributo. Por outro lado, buscam na filosofia os fundamentos existenciais e explicativos que dão sentido e razão de ser ao tributo como instituto social, e estabelecem assim a sua visão lógica.

O resultado é uma visão mais positiva do tributo, o qual se legitima como dever e direito do cidadão.

Diante do contribuinte, o Estado assume a obrigação de retribuinte, numa atuação responsável e proba, apta a garantir a paz social, o amparo aos mais necessitados e o progresso da sociedade.

SUMÁRIO DO LIVRO

  • Dedicatória
  • Prefácio
  • Introdução
  • 1. Aspectos conceituais
  • 2. Aspectos históricos e filosóficos
  • 2.1 Antiguidade
  • 2.2 Idade Média
  • 2.3 Idade Moderna
  • 2.4 Contemporâneo
  • 2.5 Era digital
  • 2.6. O tributo na história do Brasil
  • 3. A função social do tributo
  • 4. A visão religiosa sobre o tributo nas antigas sociedades
  • 5. O tributo e a perpetuação da espécie humana
  • 6. Sociedade sem tributo
  • 7. A carga tributária e seus reflexos
  • 8. A lógica dos tributos
  • 8.1. A organização lógica dos tributos
  • 8.2. Espécies
  • 8.4. “Quem quer manter a ordem”: uma visão objetiva do tributo
  • 9. Do Estado leviatânico ao Estado retribuinte
  • Considerações finais
  • Referências

 

Informação adicional

Peso 0.500 kg
Dimensões 24 × 18 × 4 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.


Seja o primeiro a avaliar “A Lógica dos Tributos – Fundamentos históricos e filosóficos”